17/07/2010

Criação e Criador

A criação e o Criador
por Dery Nascimento.



A história de cada canção é bem interessante, pois eu e o Efrank compomos compulsivamente e adotamos a boa e velha idéia de Roberto e Erasmo, assinarmos juntos as canções, mesmo quando só um de nós a tenha feito na integra. No inicio mostrei umas canções e o Efrank também ai começou o suplicio de escolher as canções para o cd.

Tenho um Studio em casa e o Efrank também, quando faço um tema novo, gravo e mando a ele via net e assim ele também o faz, mas confesso que o Efrank é o homem das mixagens e masterizações, além de ser um grande arranjador.

Tem um lance peculiar na composição de Sertão, tinha acabado de compor a melodia e logo fui mostrar para o Efrank, ainda não tinha nome era apenas uma vaga idéia, mas assim que ele ouviu o tema já foi logo dizendo "é Sertão”, e assim ela teve seu batismo.

Outra de tema é bem sugestivo é Na Pressão, fiz justamente quando minha pressão estava muito alta aí resolvi gravar algo pra deixar registrado aquele momento, olha só que loucura, quase morrendo liguei o rec. e mandei brasa no piano.

Certo dia Efrank me apresenta Hotspot, um tema que trás a leveza e a cor do Yes, de quem temos fortes influência, o nome é para homenagear nosso projeto e banda, Hotspot ganhou uma bela interpretação ao violão TAKAMINE -EG-540 SSC na especialíssima interprestação do nosso querido amigo, músico e produtor musical Gustavo Martins.

Walking é uma envolvente viagem musical de 16 minutos, um autentico progressivo onde colocamos a nossa loucura e sensatez ao alcance de todos. Lembro que ela foi a que mais versões ganhou até chegar na mixagem final.

Das minhas lembranças de criança é forte a presença do circo, no interior de Pernambuco em Palmares ficavamos felizes quando chegava a cidade aquele circo com sua longa rasgada, palhaços, malabaristas e tudo mais. Mas foi através de um sonho que descobri que em meu circo não tinha palhaço, ai compus a melodia do Circo sem Palhaço e Efrank caprichou na produção e arranjos, dando ao tema um minimalismo e uma certeza de viagem ao mundo dos sonhos.

Uma Pedra Cor de Sangue é a fotografia musical da beleza feminina esculpida na pedra Rubi, talhada pelo artesão do amor e confiada a nós a magia de executá-la.

Em
Disco Nave Efrank reacende o ritmo que contagiou os anos 70 e 80 com a modernidade dos arranjos futurista, uma boa pedida.

Ouça A linha e se deixe conduzir. Voando no Demoiselle foi composta para participação ímpar de Claudio Venturini que acabou se tornando parceiro nesta música, quando você ouvir esta composição deixe-se levar pelos caminhos viajantes dos solo de Claudio, que nos remete a tempos não vividos.

Bem, nosso primeiro album Hotspot Vol. 1 é isso aí, viagem musical do começo ao fim.

4 comentários:

Michele Sasson disse...

Queridos, que post legal mto bem escrito e bem bacana pra conhecermos um pouco da história de cada música que faz parte desse projeto.
Interessante saber que até com hipertensão o rapaz compoe rss...Isso que é amor pela música!
Estou louca pra ver o resultado final desse trabalho
bjo grande e sucesso meninos!

Joana's Art disse...

Estou amando cada minuto delas, e' uma grande viagem, colorida, cheia de energia e perfumes diferentes...e' Brasil ...que lindoooooo!!!!!!!
Que coisa mais incrivel essa mistura de sons, eu nao entendo nada de musica mas sinto cada acorde no meu coracao e parece q estou viajando num outro planeta e nao sinto vontade de voltar a pisar no chao... e' como se estivesse sonhando ...coisa mais transcendental, louca, me levou bem distante daqui ...nao sei explicar. As vezes leve, angelical, ternura sem fim, tamanha doucura, posso imaginar a beleza do planeta, de nosso mundo ao redor e todos seus elementos, e a graca de estar viva e poder ouvir todos esses angelical sounds... Me trouxe gratidao de espirito, alegria de comtemplar tudo que e' belo . Estao de Parabens Dery and EFrank pelo brilhante trabalho...meu Deus e' pouco pra te agradecer com apenas "Estao de Parabens"...e' muito pouco.
Que Deus os abencoem sempre e muuuuuuito sucesso!!!!
Com carinho da amiga Joana

Antonio Siqueira disse...

"Uma Pedra Cor de Sangue" me lembra um monumento natural, gigantesco e maravilhoso e que fica cravado no deserto Australiano. Bem ao clima desse sonzaço que vcs estão fazendo. Isso vai longe...muito bom!Parabéns Maestro Dery, meu brother!

Antonio Siqueira

Antonio Siqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.